Treinar a equipe de atendimento: vale a pena?

Treinar a equipe de atendimento vale a pena (1)

Muitos empreendedores elaboram seus planejamentos levando em conta somente suas experiências na área operacional e deixando de lado questões como o atendimento. Isso é um erro grave de conduta, pois minimizar ou até mesmo ignorar os treinamentos de sua equipe de atendimento é o mesmo que sucumbir às aspirações de crescimento.

Antes de tudo, é preciso se desvencilhar do pensamento de que atender é uma tarefa fácil e admitir a importância do assunto, listar as melhorias que precisam ser implantadas e buscar maneiras de incentivar a produtividade. Feito isso fica mais fácil compreender os motivos pelos quais vale a pena treinar a equipe de atendimento. Saiba mais sobre este assunto a seguir!

As vantagens em treinar a equipe de atendimento

Aprofundamento de conhecimentos

As empresas não reconhecem o fato de que muitos funcionários ingressam nos cargos de atendimento com um grau de conhecimento equiparado ao dos clientes — ou até mesmo inferior. Essa condição impede a formulação de argumentos convincentes e coloca seus produtos no mesmo patamar da concorrência despreparada. Investir em capacitação é investir no diferencial competitivo de seus serviços.

Diminuição da rotatividade de colaboradores

Quando investimos em treinamento, injetamos uma dose de disposição nos colaboradores, que passam a se sentir mais valorizados. E já é sabido que funcionários motivados demonstram menor interesse em trocar de empresa. É necessário entender que a alta rotatividade impacta diretamente na qualidade do atendimento prestado e é um problema que não pode ser ignorado. Quanto maior a experiência de seu funcionário em relação a seus produtos ou serviços, menor a chance de erros.

Agilidade no fornecimento de informações

“Tempo é dinheiro.” Esse ditado popular se encaixa perfeitamente no contexto. Funcionários bem treinados tendem a ser mais ágeis em qualquer canal de comunicação, seja via chat, e-mail ou telefone. O conhecimento gera confiança e diminui o tempo de resposta ao cliente — que reconhecerá a boa qualidade do atendimento.

Cuidados no treinamento da equipe de atendimento

Mensure e adeque o processo

Na pressa de obter resultados, algumas empresas acabam investindo em treinamentos que prometem ser milagrosos — mas que, na prática, não geram benefícios. Isso acontece porque os empreendedores se esquecem de que a capacitação das equipes de atendimento deve ser baseada em atividades periódicas, e não em um programa de aceleração imediata dos lucros.

O conteúdo programático do treinamento precisa estar 100% vinculado aos erros e problemas que envolvem o dia a dia de sua empresa. As questões que mais geram dor de cabeça devem ser trabalhadas intensamente a fim de que os funcionários consigam antecipar-se, apresentando soluções viáveis para o problema.

Não transforme o treinamento em pressão

Existem empreendedores bem-intencionados mas que acabam confundindo esses dois conceitos. Treinar não é pressionar! Afinal, a falha na execução desgasta o funcionário e faz com que ele se sinta explorado. Nos treinamentos, o foco deve ser sempre o aprendizado. Os lucros, apesar de importantes, são secundários nessa etapa e surgirão como consequência.

Apesar de altamente recomendado, muitas empresas ainda ignoram os treinamentos de suas esquipes de atendimento ou os realizam de maneira inadequada e ineficiente. Portanto, mãos à obra! Aproveite a falha de seus concorrentes e torne o seu atendimento um diferencial perante o mercado.

Conte para nós: qual será a sua estratégia para treinar a equipe de atendimento do seu negócio? Compartilhe suas ideias e experiências no campo de comentários!

Leave a Comments

 

Your email is safe with us.
*
*

Como escrever e-mails certos para conquistar seus clientes?

[…] Vícios de linguagem também precisam ser evitados, sob pena de demonstrar amadorismo ou falta de qualificação e preparo dos atendentes e […]

Reply

Abrir o chat
Precisa de ajuda?